03 fevA indústria encontra o varejo

Escrito por Rafael Rocha, da Administradores

Antigamente os negócios no franchising se limitavam às escolas de treinamentos e idiomas, redes de fast food, perfumaria, entre algumas outras, porém, nos últimos anos o cenário mudou. Estamos vivenciando uma era onde a indústria está enxergando com bons olhos o franchising como canal mais fácil, rápido e direto como forma de posicionamento de mercado e entrega dos seus produtos.
Podemos citar alguns casos como a Ambev com os Quiosques Brahma, a Alpargatas com as Quiosques Havainas, a Portobello com a Portobello Shop, a Conteminas com suas lojas da MMartan e a Hering Store, apenas para citar algumas.

A indústria se vê pressionada, com todas as reviravoltas do mercado do varejo, e assim lançam marcas próprias. Alguns pontos ficam claros quando analisamos o fato da economia mundial estar em baixa e o consumo interno em alta, a exploração de vendas em mercados antes quase nada desenvolvidos, como por exemplo a região Nordeste, ajuda quando o quesito é levar o produto desenvolvido com a imagem que a empresa espera que o consumidor tenha com o posicionamento proposto.

Outro dado importante é o amadurecimento e profissionalização do setor com o passar dos anos. Livros, entidades, sites, blogs, cursos tem levado a experiência e o conhecimento de quem está no mercado há mais de 10, 15, 20 anos.

O importante é ficar atento para que isso tudo não se torne algo passageiro ou modismo e que todos (franqueadores / franqueados) mantenham o conceito de levar a padronização, diferenciais e qualidade de cada marca para o desenvolvimento da economia.

Fique de olho, a indústria encontrou o franchising.

Texto extraído de http://www.administradores.com.br/informe-se/artigos/a-industria-encontra-o-varejo/61309/