14 outAmazon planeja abrir loja física de alimentos

Por Camilla Mendonça, do Portal NO Varejo

amazon

A Amazon está com planos de abrir lojas físicas para vender alimentos frescos, segundo fontes ouvidas pelo The Wall Street Journal. A ideia, segundo o jornal, é montar pequenas lojas de conveniência para vender leite, carnes e outros alimentos perecíveis.

O modelo deve incluir também aplicativo e telas touch para os clientes que optarem pela entrega em casa. E para quem quiser comprar pela internet, pode existir a possibilidade de retirar os alimentos pedidos em um drive-in da loja.

O novo serviço está sendo chamado internamente de “Project Como” e estará disponível apenas para quem assinar o serviço Fresh da companhia, com a promessa de entrega no mesmo dia.

A nova loja deve ser desenhada para atrair o maior número de pessoas que prefere pegar seus produtos no caminho do trabalho para casa. Nos Estados Unidos, as compras de alimentos representam apenas 2% das vendas online, segundo pesquisa da Morgan Stanley Research. Segundo a pesquisa, 8% dos consumidores disseram que comprariam alimentos frescos online.

A loja de perecíveis da Amazon deve demorar ainda mais de um ano para ser aberta. Contudo, fontes ouvidas pelo jornal disseram que o serviço de drive-in deve estar pronto ainda neste ano, em Seattle, nos Estados Unidos. O The Wall Street Journal tentou contato com a Amazon, que não comentou a nova estratégia.

Com uma loja neste modelo, a Amazon entra em um mercado que só cresce no Brasil: as lojas de conveniência, chamadas de vizinhança. A gigante caminha devagar no País. Caso a companhia decida abrir um modelo por aqui em que é possível comprar alimentos pela internet e retirar em um drive-in a pergunta que fica é: será que pega?

Texto extraído de: http://www.portalnovarejo.com.br/2016/10/13/amazon-quer-abrir-lojas-fisicas-de-alimentos/