05 dezBrasileiro está na mira do mercado imobiliário de luxo mundial

Escrito por Adriana Lampert, do Jornal do Comércio

Lançamentos em Punta del Este e Miami têm foco no público classe A

Lançamentos em Punta del Este e Miami têm foco no público classe A

Executivos de uma das maiores empresas da Flórida, a Fortune International Realty, visitaram a Capital para apresentar ao mercado os projetos de pré-lançamento dos empreendimentos imobiliários Trump Tower Punta del Este e Brickell City Centre, de Miami. Ambos terão comercialização focada especialmente no público classe A gaúcho e de outros estados brasileiros.

O edifício residencial de luxo projetado para a cidade uruguaia de Punta del Este promete oferecer “excelência em conforto” à beira-mar. Localizado na Playa Brava, o Trump Tower Punta del Este, empreendimento da incorporadora YY Development Group, começa a ser erguido em janeiro de 2014, sob investimento de US$ 100 milhões.

A promessa é de que as 157 unidades exclusivas, distribuídas em 24 andares com vista para o oceano, estejam prontas para morar – ou para passar uma temporada de férias – em 2017. “As coberturas terão 900 metros, o suficiente para contar com piscina e spa privativos e churrasqueira”, valoriza o CEO da Fortune, Walter Defortuna, citando os valores médios de cada apartamento: a partir de US$ 443.900,00 (com um quarto) e até US$ 2 milhões por unidade padrão.

O preço salgado faz jus às mordomias que o prédio prevê: desde unidades equipadas com sistema de climatização automatizado, amplos terraços com sacadas e vista para o mar, serviços de concierge 24 horas, piscina externa e duas cobertas, dois cinemas privados, spa com serviço completo, quadra de tênis coberta com medidas oficiais e controle de clima inteligente, entre outros.

Já o empreendimento misto Brickell City Centre – que terá duas torres residenciais e duas torres comerciais – deve atrair por estar localizado no centro do distrito financeiro de Brickell, em Miami. Orçado em US$ 1,05 bilhão, o projeto é o maior em andamento no Centro da cidade. “Para o público gaúcho, ficou bastante fácil o acesso, a partir do novo voo direto da American Airlines”, comenta a corretora de imóveis responsável pelas vendas, Rejane De Paula. “Miami é uma cidade que cresce muito, com transporte público eficiente, diversos museus, entre outros atrativos, além de ser um local onde há várias oportunidades de investimento”, valoriza.

Defortuna informa que o prédio em Miami terá faixa de preços de US$ 6,5 mil por metro quadrado, “devido à localização com apelo mundial”. Os apartamentos do condomínio previsto para o Brickell City Centre custarão entre US$ 250 mil e US$ 1 milhão, aproximadamente. O empreendimento ainda prevê um shopping vertical com todas as lojas existentes no famoso Bal Harbor Shop, além de cinema, serviços de entretenimento e hotel com 243 quartos.

Texto extraído de: http://jcrs.uol.com.br/site/noticia.php?codn=141623