03 abrCarrefour é líder do varejo de alimentos no Brasil

Escrito por Dayanne Sousa, d’O Estado de São Paulo

Os franceses donos das duas maiores redes de supermercados do País travaram uma disputa acirrada em 2014 que terminou com o Carrefour retomando a liderança no varejo alimentar, depois de ter sido ultrapassado, no ano anterior, pelo Grupo Pão de Açúcar (GPA), controlado pelo Casino.

Os dados da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), divulgados ontem, mostram que o Carrefour faturou R$37,927 bilhões no ano passado. No ranking da associação, o GPA aparece em primeiro lugar se considerada a operação de eletrodomésticos do grupo, com as bandeiras Casas Bahia e Ponto Frio. Sob esse critério, a companhia controlada pelo Casino teve receita bruta de R$72,8 bilhões. Olhando a divisão alimentar, que inclui as redes Extra, Pão de Açúcar e Assaí, o faturamento ficou em R$37,66 bilhões.

Os dois grupos vêm se alternando na liderança do varejo de alimentos brasileiro nos últimos anos. Mas só em 2014 o Carrefour conseguiu emergir de uma reestruturação para voltar a crescer. Depois de passar quatro anos colocando a casa em ordem por causa de um escândalo de má gestão descoberto na operação brasileira em 2010, a empresa retomou investimentos. A companhia, que só vinha investindo em expansão na bandeira Atacadão, de ‘atacarejo’, passou a abrir lojas como as do Carrefour Express, uma nova bandeira de lojas de pequeno porte.

Ao mesmo tempo, o rival GPA viu os hipermercados Extra empurrarem para baixo o desempenho de vendas da divisão de alimentos em 2014. Enquanto a receita da divisão alimentar do GPA avançou 9,2% no ano passado, o Extra Hiper (bandeira de maior representatividade para o negócio) mostrou declínio de 0,1% na mesma linha. A empresa não comentou os dados da Abras. O Estado apurou, no entanto, que as medidas adotadas, desde o fim do ano, para impulsionar a bandeira Extra já começaram a surtir efeito, com a recuperação de market share em praças importantes como São Paulo.

Maiores

O grupo das cinco mairoes companhias do varejo de supermercados é formado ainda por Walmart, Cencosud e Zaffari. Tanto o Walmart quanto o Cencosud tiveram desempenho pior do que a média do setor em 2014. O Walmart teve alta de 4% no faturamento bruto, chegando a R$29,647 bilhões. Já o Cencosud faturou R$9,795 bilhões, queda de 0,16%. As duas redes terminaram o ano sem acréscimo no número de lojas.

Em 2014, o varejo supermercadista brasileiro reportou alta real de 1,8% no faturamento, alcançando receita de R$294,9 bilhões. No primeiro bimestre, houve aumento real de 1,93% nas vendas. Até o momento, a Abras mantém a projeção de crescimento de 2% real nas vendas do setor em 2015.

Texto extraído de: http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,carrefour-retoma-a-lideranca-no-varejo-de-alimentos-no-pais-imp-,1661832