26 julCarrefour inicia operação online no Brasil

Por Laura Navajas, do Portal NO Varejo

carrefour-site-loja-630x340

O Grupo Carrefour Brasil reuniu a imprensa hoje (26) para anunciar que começará as atividades do seu e-commerce no País. A varejista irá oferecer, em um primeiro momento, 12 categorias de produtos divididas nos universos Casa & Família e Eletrônicos.

Os produtos estao inseridos nas categorias Casa & Decoracao, Tech & Eletrônicos, Saude & Bem-estar e Infantil. Ou seja, neste primeiro momento o site não comercializará alimentos, que serão inseridos nas próximas etapas de expansão do negócio. Já no final de 2016, a rede promete abranger as categorias de Auto & Ferramenta, Cultura & Lazer, Moda e Petshop, por meio de sua operação marketplace. Os alimentos devem ser integrados as operações em 2017.

Também para as próximas etapas da expansão está previsto ampliar o atendimento para todo o país. Por enquanto, o e-commerce atenderá apenas a região sudeste. A novidade começa com uma gama de 30 mil itens e pretende chegar a 200 mil, até o final do ano, com a implantação do modelo de marketplace. O número de Sellers também não foi revelado. “Vamos apostar em um modelo com uma operação slim, mais enxuta. Isso nos dará a vantagem de estudar o negócio e ir ampliando conforme a demanda”, destaca Francisco Donato, diretor do Carrefour.com.

A implantação por etapas ocorre quase quatro anos após a rede ter desistido do e-commerce no Brasil. “Naquela época, faltava uma equipe mais especializada, a tecnologia adequada e maior controle das operações. Desta vez, investimos para que isso fosse solucionado”, aponta Charles Desmartis, CEO do Grupo Carrefour Brasil.

Com o anúncio, a companhia reforça a ideia de estratégia omnicanal: a plataforma seguirá o modelo que já foi implantado em outros países e a empresa promete que fará total integração com a loja física. Progressivamente, os consumidores que estiverem no ponto de venda poderão acessar o estoque do e-commerce e, no futuro, poderão realizar retiradas, trocas, devoluções e suporte técnico da loja virtual diretamente no hipermercado.

Foco no consumidor

O e-commerce do Carrefour não começa com novidades arrasadoras, promoções diferenciadas, volume de produtos, enfim, nada impactante. Mas, segundo os executivos, o diferencial está em ter o cliente como foco do negócio efetivamente. “Nossa proposta foco principal é estreitar nosso relacionamento com o consumidor. Oferecer para ele mais um canal e, futuramente, integrar este canal com os outros”, diz Donato.

Ele aponta que, antes de mais nada, o maior diferencial do site está em uma navegação mais fácil. “O cliente não tem tempo a perder, ele quer experiências simples e rápidas”, afirma o diretor do Carrefour.com. Ele promete que o formato do site será completamente inovador e, para o futuro, garante ainda que os consumidores terão fluidez e velocidade entre os canais, vivenciando uma experiência de compra completa.

Formatos de loja

O e-commerce era o único formato de loja que faltava nas operações brasileiras do Carrefour. Agora, o país é o primeiro do mundo a ter todos os formatos de negócios. “O Brasil é a segunda maior operação do grupo no mundo. Agora teremos uma oferta completa para as famílias. Investimos em soluções tecnológicas e, acima de tudo, reunimos uma equipe forte de especialistas em e-commerce para oferecer a melhor solução, além de integrar melhor todos os canais”, afirma Charles Desmartis, CEO do Grupo Carrefour Brasil.

A rede não informou os valores investidos na implantação do e-commerce, mas Desmartis garante que foram bastante calculados e aplicados, especialmente, em TI. Além disso, o executivo afirma que a rede continuará apostando no país, apesar da situação econômica complicada. “Nós investimos em lojas físicas, também. E nosso ticket médio subiu, porque o consumidor responde aos nossos investimentos. Assim, vamos continuar nessa linha”, garante.

Texto extraído de: http://portalnovarejo.com.br/2016/07/26/carrefour-comeca-operar-e-commerce-no-brasil/