02 outCobra D’água aumenta vendas em até 200% com modelo “store in store”

Escrito por Cristiani Dias, do Portal No Varejo

Muito comum e funcional fora do Brasil, estilo de exposição dos produtos demonstra eficácia às lojas multimarcas. Empresa já possui centenas de pontos pelo Brasil

Muito comum e funcional fora do Brasil, estilo de exposição dos produtos demonstra eficácia às lojas multimarcas. Empresa já possui centenas de pontos pelo Brasil

A Cobra D’água, marca de moda jovem, tem expandido suas vendas por meio do modelo “store in store”. Muito comum fora do Brasil, este estilo de exposição conta com espaços determinados dentro de grandes lojas, onde as peças de uma única marca ficam dispostos naquele perímetro. Além de valorizar a apresentação dos produtos, a empresa consegue montar seu espaço seguindo a essência e conceito da marca. Em  três anos, a empresa gerou aumento nas vendas com este formato se comparada a uma exposição normal, sem local identificado. Isso corresponde a cerca de 6% do faturamento anual. A empresa movimentou R$ 119 milhões em volume de negócios em 2012 e tem previsão de chegar aos R$ 150 milhões este ano. Segundo o diretor da Cobra D’agua, Ademar Brumatti Jr., esta forma de negócios tem um custo relativamente coerente e traz resultados expressivos.
O projeto tem como objetivo aumentar o ticket médio dos lojistas, potencializar as vendas, melhorar o mark up e incrementar o resultado. Para isso, a empresa ainda oferece treinamento, ações padronizadas de visual merchandising e os equipamentos. São seis possibilidades padrões de exposições e montagens. Caso haja necessidade, pode-se personalizar o corner de acordo com o local disponível e do mix preferencial. Outra possibilidade é mesclar o equipamento solo e os equipamentos de parede. A “store in store” pode chegar a ser até uma mini loja, de 20m² a 40m².
Para se ter uma ideia, um único equipamento que abriga 300 peças pode representar um crescimento de 270% das vendas somente naquele ponto. Um corner de 9m² atinge valores de venda de cerca de R$ 350 mil em um ano. A padronização da marca, entre todos os pontos de vendas, é fundamental. Com estes espaços exclusivos, conseguimos ajustar os materiais de comunicação adequadamente”, finaliza. Atualmente a Cobra D’água mantém 150 espaços neste formato, presentes em 14 estados brasileiros em redes como Lojas Avenida, Lojas Duilson entre outras.
Texto extraído de: http://www.portalnovarejo.com.br/index.php/component/k2/item/7642-cobra-d-agua-aposta-no-modelo-store-in-store-e-aumenta-vendas-em-ate-200