23 novConsumidores são incentivados a usar celular em lojas no Natal

Por Danilo Barba, do Portal NO Varejo

Empresas do varejo norte-americano apostam em aplicativos que guiam cliente em Nova York

christmas-shopping-chaos-560x360

Nos Estados Unidos, as grandes empresas do varejo estão tentando dar aos clientes diferentes razões para usar os celulares enquanto fazem as compras de fim de ano, informou a agência de notícias Reuters nesta segunda-feira (23).

Enquanto a Macy’s disponibilizou um aplicativo para download capaz de guiar o cliente pela loja até os produtos que está buscando, a JCPenney permite descobrir se há o produto da vitrine em estoque através de uma fotografia tirada por ele através do smartphone. Já a Staples está testando um aplicativo que irá permitir que os consumidores comparem preços de loja entre concorrentes.

Os novos aplicativos vão permitir que os consumidores façam encomendas de itens fora de estoque facilmente para entregar em seus domicílios, para conferir os preços das lojas e até para chamar um funcionário.

Contudo, os esforços dos varejistas vão se deparar com dois desafios nesta temporada de feriados: fazer os clientes adotarem a nova tecnologia, que muitas vezes ainda enfrenta defeitos e dependência de sistemas dentro das lojas, e levá-los a confiar que as lojas podem comparar os preços on-line.

De acordo com dados da IBM, as compras por celulares no varejo cresceram 34% no último ano, e estima-se que mais de 40 por cento do tráfego on-line e cerca de 20 por cento das vendas neste dia de Ação de Graças vieram de smartphones.

Texto extraído de: http://www.portalnovarejo.com.br/index.php/tecnologia-e-inovacao/item/14571-uso-de-celular-em-lojas-e-incentivado-para-o-natal