25 julDona da Louis Vuitton vende grife Donna Karan por US$650 milhões

Via Dow Jones Newswires

dkny-4

A Möet Hennessy Louis Vuitton (LVMH) concordou em vender a grife americana Donna Karan International para a companhia de moda G-III Apparel Group, por US$650 milhões, incluindo dívidas – uma saída inesperada para a gigante francesa de luxo, que tentou por anos reviver a marca.

A LVMH lutou para fazer a Donna Karan crescer e sair do prejuízo em meio a uma concorrência acirrada e tentou reestruturar a marca repetidamente, fazendo redução de custos e simplificação de marca.

Com esforços recentes feitos no fim do ano passado, a companhia conseguiu impulsionar as vendas de linhas como DK Jeans e DKNYC, em uma tentativa de concentrar a operação nas principais marcas da Donna Karan.

No último verão, a LVMH suspendeu a linha Donna Karan depois que a fundadora homônima da marca saiu da companhia. Um porta-voz confirmou que a linha continua suspensa;

No fim, a LVMH decidiu vender a Donna Karan, sendo esta a primeira venda de uma grande marca desde 2005. As duas empresas não abriram detalhes sobre a operação, informando apenas que o negócio foi avaliado em US$650 milhões, incluindo uma dívida que será assumida pelo G-III. O movimento fez as ações da LVMH subirem de 1,4% na manhã de hoje em Paris.

A LVMH comprou a marca Donna Karan em 2002, por US$243 milhões. A última venda da LVMH havia sido em 2005, quando o grupo passou a marca Christian Lacroix para o grupo Falic.

A operação aumenta as perspectivas de que a LVMH possa vender outras marcas. A companhia tem lutado para melhorar o desempenho de outra grande marca, a Marc Jacobs. O analista do Citigroup Thomas Chauvet disse que os esforços da LVMH para melhorar o desempenho da Donna Karan e da Marc Jacobs custaram à companhia 116 milhões de euros (US$127 milhões) em perdas operacionais no ano fiscal de 2015.

Com sede em Nova York, o G-III, que administra marcas de moda como Calvin Klein, disse ver uma oportunidade de mercado significativa para Donna Karan. “A marca vai trazer aumento de escala e diversificação, proporcionando um crescimento em nosso portfólio”, afirmou o presidente do G-III, Morris Goldfarb.

O G-III espera que o gasto com a compra seja diluído nos lucros do ano fiscal de 2018 e passe a adicionar ganhos à companhia depois disso.

Texto extraído de: http://www.valor.com.br/empresas/4645811/dona-da-louis-vuitton-vende-marca-donna-karan-por-us-650-milhoes