29 outeBay fecha parceria com estilistas e monta “loja” de grifes locais no Brasil

Escrito por Fernando Scheller, d’O Estado de São Paulo

eBay: a empresa lançará o aplicativo eBay Moda, que oferece peças que mal saíram da passarela ao consumidor

eBay: a empresa lançará o aplicativo eBay Moda, que oferece peças que mal saíram da passarela ao consumidor

Para promover sua chegada ao Brasil, o site americano de e-commerce e leilões eBay fechou contrato com cinco estilistas locais – incluindo três que vão desfilar no São Paulo Fashion Week (SPFW) nesta semana.

A ideia é que o aplicativo eBay Moda – única plataforma do gigante americano disponível em português – ofereça peças que mal saíram da passarela ao consumidor. As “lojinhas” virtuais com roupas dos desfiles devem estar no ar na semana que vem.

“É uma inovação, pois as roupas demoram meses para chegar ao varejo”, diz Wendy Jones, vice-presidente de expansão global do eBay, que faturou US$ 14 bilhões em 2012. As marcas João Pimenta, Amapô e Vitorino Campos foram escolhidas para a parceria. A iniciativa também incluirá grifes que desfilarão no mês que vem no Fashion Rio, como Auslander e Alessa.

A presença nos eventos de moda e as parcerias vão se unir a um trabalho de mídia que trabalhará o aplicativo em português nos próximos meses. ““Vamos aparecer tanto na mídia online quanto na offline””, diz a executiva.

Essa maior visibilidade vai preparar o terreno para 2014, quando o site da empresa será traduzido para o português e a empresa pretende ampliar os meios de pagamento para os clientes.

Hoje, a única forma de o cliente brasileiro comprar no eBay é com um cartão de crédito internacional. Toda a vez que faz uma compra, portanto, o consumidor é obrigado a pagar 6,38% em Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) e taxas.

Responsável pela expansão no País, o executivo Luis Arjona diz que a empresa procura formas de ampliar as formas de pagamento para os clientes brasileiros. Ele não dá detalhes de como essa mudança seria implementada, já que a regulamentação brasileira exige que compras em sites estrangeiros sejam feitas com cartões internacionais.

Enquanto esse problema não é resolvido, o eBay se prepara para outro passo: deve implementar no Brasil, no início de 2014, um sistema de cobrança hoje disponível em 40 países.

Nessa opção, o eBay calcula o câmbio, os impostos de importação, o valor do frete e demais taxas a serem pagas pelos clientes. Assim, ele pode comparar se, considerados todos os custos, a compra ainda será vantajosa. “É uma estratégia de transparência”, explica Wendy.

A executiva estima que o site completo do eBay, assim como o aplicativo para celular, deverão ser lançados no ano que vem, possivelmente ainda no primeiro semestre. “A estratégia mobile é importante para nós, pois 16% das nossas vendas no País são feitas por dispositivos móveis.”

Variedade

A parceria com o eBay será uma forma de tornar as grifes mais conhecidas. “São marcas com boa estrutura, que vão ganhar uma visibilidade importante”, diz Graça Cabral, diretora de parcerias estratégicas da Luminosidade, empresa que organiza o SPFW e também fez o “meio de campo” entre os estilistas e o site americano. “Será possível testar a receptividade e entender o potencial de crescimento de cada uma.” As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Texto extraído: http://exame.abril.com.br/negocios/noticias/ebay-monta-lojas-de-grifes-locais-no-brasil?page=1