28 marEnquanto a Amazon parte para o ambiente físico, o Walmart aposta no digital

O Walmart anunciou nesta terça-feira a instalação de estoques em algumas de suas lojas, para atender aos pedidos online e irá lançar um novo aplicativo interno para os varejistas que tentam unir o digital ao físico, e conta com a rede de 4 mil lojas para competir com a rival Amazon.

A varejista vai instalar os estoques em doze lojas neste verão, e os clientes poderão fazer pedidos online e retirá-los em estoques pré-designados 24 horas por dia. A Amazon lançou um serviço parecido há dois anos atrás, para ajudar a combater a falha nas entregas e competir com tradicionais varejistas físicos.

A atualização no aplicativo mobile do Walmart irá permitir que os clientes utilizem cupons digitais que serão automaticamente transformados em forma de pagamento nos postos de autoatendimento. O aplicativo também permite que os consumidores criem listas de compra e localizem produtos específicos nos corredores do supermercado.

Os consumidores poderão carregar vale-presentes em seus smartphones e utilizá-los na loja, um avanço que representa a inclusão do Walmart no meio mobile, com um aplicativo que permitirá que seus clientes utilizem tablets e smartphones como dispositivos de compra.

“Estamos nas pontas dos pés no mundo de pagamentos mobile”, disse Gibu Thomas, vice-presidente sênior de mobile e digital no Walmart.

Varejistas e operadoras de telefonia, bem como as empresas de pagamento e cartão de crédito, estão lutando pelo controle do crescimento do mercado de pagamentos mobile. O Walmart se uniu com uma dúzia de varejistas no ano passado para criar em conjunto uma rede de pagamentos chamada Merchant Costumer Exchange. O Paypal do Ebay e a Square estão também envolvidos em criar meio de pagamento móvel.

Walmart também delineou planos para expandir sua capacidade de atender pedidos online em suas 4000 lojas, invés de apostar em sua rede de centros de distribuição. Os funcionários agora devem escolher os itens das prateleiras das lojas, embalá-los e enviá-los aos clientes.

“Dois terços da população dos Estados Unidos está localizada a 5km de um Walmart, e através da combinação entre serviços físicos e digitais, podemos ficar mais próximos do consumidor e permitir as compras que são acessíveis a nós e convenientes para os clientes”, disse Jeff McAllister, vice-presidente do setor de inovação.

 

Fonte: The Wall Street Journal