11 outGrife de moda feminina acelera expansão e chega a 20 novas unidades em seis meses

Por Cibelle Bouças, do Valor Econômico

A Twenty Four Seven, grife feminina lançada em fevereiro deste ano por Raphael Sahyoun, teve um começo melhor que o previsto pelo dono da marca. O plano do empresário era abrir quatro lojas próprias e dez franquias neste ano, e inaugurar mais 12 unidades em 2018, chegando a 26 lojas no país. No entanto, em seis meses de operação, a marca já chegou a 20 unidades – quatro lojas próprias e 16 franquias.

“Assim que inaugurei as quatro lojas em São Paulo, interessados nas franquias começaram a ligar querendo investir no projeto. Nunca podia esperar que fosse ter um crescimento tão rápido”, afirou Sahyoun.

O empresário paulistano fundou a Bostore em 1996 e vendeu a empresa para a Inbrands em 2011, por R$51,6 milhões, em dinheiro. A rede tinha 57 lojas, sendo dez próprias, e um faturamento anual de R$70 milhões. Sahyoun permaneceu à frente da marca por mais um ano e deixou a Inbrands em 2012 por discordar do modelo de gestão, segundo o próprio executivo.

“Trabalhar com moda não é como mexer com banco. Querem massificar o mercado e tirar o máximo de valor possível, esquecendo os valores da marca. Quem me procura são principalmente antigos franqueados da Bobstore, querendo voltar a trabalhar comigo”, afirmou Sahyoun. Entre o segundo trimestre de 2016 e o segundo trimestre de ano, a Inbrands reduziu o número de lojas da Bobstore de 57 para 36 unidades.

O executivo acrescentou que redes multimarcas que vendiam a Inbrands até 2012 também o procuraram, com interesse na Twenty Four Seven. A marca já é vendida em cem lojas multimarcas no país. A meta para o ano é chegar a 120 lojas multimarcas.

Sahyoun disse que a procura intensa pela marca o levou a acelerar a abertura de franquias neste ano. Para 2018, ele mantém a meta de abrir duas próprias e dez franquias, num total de 12 lojas.

As vendas estão 20% acima do previsto para o primeiro ano de operação, disse o executivo. A meta da companhia era fechar 2017 com uma receita de R$20 milhões, subindo para R$30 milhões em 2018.

Para atender à procura acima do esperado, Sahyoun ampliou a estrutura da Twenty Four Seven. A empresa, que contava com 62 funcionários em fevereiro, elevou o quadro para 80. O showroom, que funciona no mesmo prédio do escritório em uma área de 300 metros quadrados, foi ampliado para 600 metros quadrados.

A marca Twenty Four Seven foi criada por Sahyoun tendo como meta oferecer peças atemporais de vestuário e acessórios para mulheres modernas, de classes A e B. O preço médio das peças é de R$550, competindo diretamente com marcas como Dudalina e Le Lis Blanc (da Restoque); e Bobstore e Richards (da Inbrands).

Além do interesse de varejistas pela marca, o executivo também considerou que vem sendo favorecido por uma melhoria no cenário macroeconômico. “A economia tem apresentado melhoras. Enxergo agora um clarão no fim do túnel. Acredito que teremos mais um ano de luta, mas depois de 2018 o país terá um grande avaço. E as empresas que estiverem preparadas vão se beneficiar muito”, afirmou Sahyoun.

Texto extraído de: http://www.valor.com.br/empresas/5147266/twenty-four-seven-acelera-expansao