30 outGrife espanhola Desigual chega hoje ao Brasil e pretende abrir 50 lojas

Escrito por Mariana Barbosa, da Folha de São Paulo

Muito procurada por turistas brasileiros, grife inaugura hoje sua primeira loja em São Paulo

Muito procurada por turistas brasileiros no exterior, grife inaugura hoje sua primeira loja em São Paulo

Depois da chegada da norte-americana GAP, no mês passado, mais uma grife internacional de moda procurada por turistas brasileiros no exterior desembarca no país: a espanhola Desigual inaugura hoje, em São Paulo, sua primeira unidade.

Criada em Barcelona em 1984 e conhecida por um estilo “hippie fashion” com estampas coloridas, a Desigual chega com operação própria e planos de abrir 50 lojas em quatro anos.

“Os brasileiros estão entre os nossos maiores clientes na Europa e nos EUA”, disse à Folha o presidente da Desigual, Manel Jadraque, que virá ao país no fim de novembro para festa de inauguração.

Ele não revela quão mais caro será o preço médio no Brasil. Lá fora, a marca tem um posicionamento de preço um pouco mais alto que a também espanhola Zara.

Jeans começam em US$ 100 (R$ 218) e podem chegar a US$ 170 (R$ 370) nos modelos mais estilizados. “Trabalhamos para ter preços acessíveis.”

A marca escolheu para a estreia o Pátio Higienópolis, shopping de classe alta, mas que não exibe grifes de alto luxo como o JK Iguatemi, endereço escolhido por empresas estrangeiras mais acessíveis, como a Top Shop e a GAP.

O Brasil é o 110º país a receber uma operação da marca espanhola, que faturou o equivalente a R$ 1,9 bilhão no ano passado. Na América Latina, a empresa chegou em 2010 e tem operações no Chile, na Colômbia, no Panamá, na Venezuela e na Argentina.

“Vamos crescer no país com lojas próprias [sem sócios] e também por meio de franquias”, diz Jadraque. Ele afirma que em breve quer começar a produzir peças no Brasil, de forma terceirizada.

A empresa também vai investir na comercialização em lojas multimarcas.

Seminus

O Brasil é candidato a receber uma superpromoção que tem feito a fama da marca em cidades como Londres e Paris. É a promoção dos seminus, na qual os primeiros cem clientes a entrarem na loja só de roupa íntima na liquidação podem se vestir de graça.

A chegada aqui está sendo mais comportada. A empresa dará uma camiseta aos primeiros cem clientes que chegarem à loja e que tenham compartilhado um post sobre a inauguração no Facebook.

Outra marca que deve desembarcar no Brasil é a sueca H&M, em 2014, segundo apurou a Folha.

Texto extraído de: http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2013/10/1364162-grife-espanhola-chega-hoje-ao-pais-e-quer-abrir-50-lojas.shtml