09 outMagazine Luiza expande atuação online e inicia venda de produtos variados

Por Camila Mendonça, do Portal NO Varejo

A gigante de eletroeletrônicos Magazine Luiza decidiu expandir as categorias em que atua e se lançou em mais uma empreitada digital. A empresa acaba de lançar um “supermercado” virtual.

A ideia, segundo a empresa, é “competir também no segmento de mercado”. A empresa venderá itens para cuidados com o cabelo, higiene pessoal, cuidados do corpo, cuidados com a roupa, limpeza da casa, cuidados do bebê e ainda itens como cápsulas de café, achocolatados e outros itens não perecíveis.

“Esse é um segmento que vemos muitas oportunidades”, afirmou, em nota, Eduardo Galanternick, diretor-executivo de e-commerce do Magazine Luiza. A ideia, segundo ele, é que todo o estoque e distribuição sejam próprios e operados pela companhia.”Nossa logística é reconhecidamente umas das melhores do Brasil e agilidade na entrega é diferencial para este segmento.”

Sistema inteligente

O e-commerce da companhia aposta nos baixos preços para compras de mais itens. A ideia é que quanto mais unidades o cliente comprar, maior será o desconto nos produtos. “Esse é um segmento ainda pouco explorado no comércio eletrônico e vamos subir a barra do serviço para a categoria”, disse Galanternick.

Assim como faz com itens eletrônicos, a empresa também disponibiliza a opção de retirar os produtos do segmento de Mercado em uma das lojas da rede – que tem 814 pontos distribuídos pelo Brasil. Com essa opção, a entrega é feita em até dois dias úteis com frete grátis.

A Amazon brasileira?

Quem acompanha o mercado sabe que o digital está no centro da estratégia do Magazine Luiza. Os números estão aí para todos verem. A companhia, que até 2015 ainda amargava resultados negativos, reverteu o jogo. No segundo trimestre deste ano, por exemplo, o Magazine Luiza registrou o seu maior lucro líquido da história da empresa, de R$ 72,4 milhões – um crescimento de quase 600% em relação ao segundo trimestre do ano anterior.

Nesse crescimento, o grande destaque tem sido as iniciativas digitais da empresa, que tem culminado no crescimento, trimestre a trimestre, do e-commerce da marca. Somente no segundo trimestre, as vendas desse canal subiram 55%. Hoje, a plataforma já representa 28% do total das vendas da empresa. Tudo isso resultou em alta de 44,5% no Ebtida da empresa.

Recentemente, o Magazine Luiza inaugurou seu marketplace, que fez o número de produtos ofertados no site subir de 80 mil para 550 mil itens.

O que a companhia tem feito para ganhar este destaque? A empresa trabalha com base em cinco pilares de transformação digital: inclusão digital, digitalização das lojas físicas, multicanalidade, transformar o site em uma plataforma digital e cultura digital.

Texto extraído de: http://www.portalnovarejo.com.br/2017/10/06/magazine-luiza-lanca-um-supermercado-virtual/