Universo Varejo | Manequim inteligente rastreia consumidor com os olhos

26 novManequim inteligente rastreia consumidor com os olhos

Escrito por Paula Furlan, do Portal No Varejo

Empresa italiana cria manequim que rastreia por câmeras nos olhos do manequim ligadas a um software de reconhecimento facial, que fornecem dados como perfil, idade, raça e gênero dos consumidores que foram atraídos por ele.

Exibir a nova coleção e atrair consumidores não são as únicas qualidades dos manequins. Agora eles também podem “observar” os consumidores e rastrear seu perfil. É o que propõe uma parceria entre as italianas Almax, que fabrica manequins,e a Kee Square, de tecnologia.

Nos olhos do manequim estão posicionadas câmeras ligadas a um software de reconhecimento facial, que fornecem dados como perfil, idade, raça e gênero dos consumidores que foram atraídos por ele. É possível também, segundo executivos da Almax, a partir destas informações obter dados estatísticos e contextualizados sobre o público-alvo, fluxo de clientes de acordo com a hora, e áreas quentes e frias da loja.

Com a solução é possível medir a eficácia da vitrine, e poder agir rapidamente caso ela não esteja surtindo o efeito esperado. O mesmo pode ser estendido para promoções e layouts de loja.

Até o momento apenas algumas varejistas italianas e americanas aderiram ao “manequim espião”. Uma delas é a Benetton que, segundo a Bloomberg, pagou US$ 5 mil por cada uma.

Na esteira da reportagem da Bloomberg pipocaram pelo mundo artigos em blogs e sites afirmando que o tal manequim seria um atentado à privacidade – o que a Almax nega dizendo que os dados são apenas estatísticos. “De fora, parece apenas mais um manequim qualquer, mas internamente uma câmera escondida está gravando tudo e alimentando um software com todo tipo de imagem” diz um dos artigos que chama o sistema de “creepy” (“amedrontador”). Representantes da Almax se defendem: “as lojas já estão cobertas com câmeras de segurança e nenhum dado particular é usado para outros fins. Os varejistas terão apenas a informação de que um homem caucasiano adulto passou em frente ao manequim às 6:25hs e permaneceu por 3 minutos, e outros cruzamentos de dados que são possíveis a partir desse. Nenhum dado pessoal é coletado”, arrematou em depoimento à Bloomberg.

Texto extraído de http://www.portalnovarejo.com.br/destaque/destaques/manequim-inteligente-rastreia-dados-do-consumidor-com-os-olhos