15 dezMarisa planeja expansão da venda direta

Escrito por Rômulo Madeira, do Portal NO Varejo

marisa paulista

A Marisa acaba de anunciar que em 2015 pretende expandir a venda direta para todo o território nacional. Em 2012, a marca foi a primeira varejista brasileira de fast-fashion a adotar este modelo, que consiste na comercialização dos produtos escolhidos através de catálogo, diretamente na casa das clientes.

Quando começou, eram pouco mais de mil consultoras. Em menos de dois anos, a companhia acumulou 60 mil consultoras.

De acordo com o gerente de venda direta da Marisa, Marcel Szajubok, este sistema é uma forma de vender ‘complementar e integrada’ aos outros canais da empresa: as lojas físicas e o e-commerce. “Esperamos faturar R$ 500 milhões ao final do quinto ano de operação deste canal, que tem se mostrado bastante promissor”,  afirmou em nota.

Para Szajubok, esta é mais uma maneira de ‘proporcionar moda a um preço justo a mais pessoas pelo país’. A estratégia da companhia é que o plano de expansão da venda direta chegue aos Estados de Roraima, Amazonas, Rondônia, Acre, Maranhão, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná.

Alguns benefícios exclusivos oferecidos são que as consultoras podem pagar no cartão, boleto ou ainda no cartão próprio da Marisa e o consumidor pode trocar o modelo em qualquer loja da rede ou até devolver a peça e receber o dinheiro de volta.

Texto extraído de: http://www.portalnovarejo.com.br/index.php/component/k2/item/9693-marisa-quer-abracar-o-pais-com-venda-direta