17 agoMercado nacional de franquias cresce 6,8% no segundo trimestre

Via Agência Brasil

Pesquisa Trimestral de Desempenho de Franchising, divulgada ontem* (16) pela Associação Brasileira de Franchising (ABF), aponta que o mercado nacional de franquias teve um crescimento no faturamento no segundo trimestre deste ano de 6,8%, em comparação ao mesmo período do ano passado. A receita subiu de R$ 35,180 bilhões para R$ 37,565 bilhões. No semestre, o setor manteve um ritmo de crescimento nominal de 8%, passando de R$ 68,890 bilhões para R$ 74,428 bilhões.

A gerente de Inteligência de Mercado da ABF, Vanessa Bretas, disse que embora a expansão no trimestre tenha sido menor que a registrada em igual período de 2016 (8,1%), a entidade considera que o resultado de 2017 foi melhor “porque a inflação deste ano foi bem menor que a do ano passado”.

Segundo a gerente, as redes franqueadoras conseguiram ter um incremento considerável no volume de vendas das operações no período pesquisado. “O aumento do desempenho das operações já abertas puxou de maneira considerável esse resultado”, disse Vanessa. Contribuiu também para o resultado o quadro de inflação sob controle e de juros em queda. Houve ainda uma melhora relativa no Índice de Confiança do Consumidor, que afetou não só o franchising, como o varejo de uma forma geral.

Segmentos

Um segmento que se destacou no trimestre foi o de hotelaria e turismo, que teve um ano de 2016 difícil e conseguiu se recuperar, crescendo 10,1%. Esse ramo do franchising, segundo a ABF, se adaptou ao novo cenário imposto pela crise econômica e pelos novos modelos de negócio de economia compartilhada, com destaque para as operações virtuais.

Outro segmento com bom desempenho foi o de saúde, beleza e bem-estar, que mostrou variação de faturamento de 9,4%. Esse segmento tem inovado em modelos de negócios, disse Vanessa Bretas. As redes franqueadoras têm investido na venda direta porta a porta, “sempre conciliando com seus franqueados”.

*Adaptado do original presente em: http://istoe.com.br/setor-de-franquias-cresce-68-no-trimestre-aponta-associacao/