29 julNatura apresenta queda de 22% em lucro líquido, mas segue com expansão

Por Camila Mendonça, do Portal NO Varejo

natura

A Natura apresentou queda de 22% no lucro líquido no segundo trimestre deste ano, para R$ 90,9 milhões. Apesar da queda, a receita bruta da empresa cresceu 1,2%, na comparação com o mesmo período de 2015, para mais de R$ 2 bilhões – com a alta, a empresa conseguiu reverter as quedas apresentadas nos últimos trimestres.

Ao todo, a companhia verificou queda de 2,3% nas vendas – que foram impactadas pelo aumento da carga tributária. O volume de pedidos caiu 11%, compensado pelo aumento de 14,7% no preço médio.

A empresa segue o plano que tem reiterado nos últimos trimestres, com foco na revitalização da venda direta, em propostas inovadoras de produtos e conceitos com diferenciais de tecnologia e desempenho, na racionalização do portfólio, na revisão do posicionamento e estratégia da marca, no
desenvolvimento de novas alternativas de canais, no desenho de uma organização mais ágil e eficiente e na continuidade do crescimento acelerado nas Operações Internacionais.

As operações internacionais da empresa apresentaram aumento de 32% na receita líquida. A Aesop fechou o trimestre com 157 lojas em 19 países, com crescimento de 17% no conceito mesmas lojas.

Neste ano, a empresa iniciou a comercialização da linha de produtos SOU na rede de farmácias Drogasil e ideia é estar em 1.278 lojas da rede até o final deste mês. Em relação às lojas próprias, a empresa segue com o plano de expansão. A primeira loja foi inaugurada no Shopping Morumbi, em São Paulo. A segunda unidade tem previsão de abertura em agosto.

O canal online da empresa, a Rede Natura, apresenta crescimento de receita de dois dígitos: são 70 mil franqueadas digitais e 950 mil consumidores cadastrados.

A empresa conseguiu gerar um caixa de R$ 96 milhões no período, uma queda de R$ 185 milhões, que deve-se principalmente ao investimento em capital de giro pelo aumento da cobertura dos estoques no Brasil e na América Latina. Nos primeiros seis meses do ano a empresa investiu R$ 111 milhões.

Texto extraído de: http://portalnovarejo.com.br/2016/07/28/lucro-da-natura-cai-22-no-2o-trimestre