18 agoNike Town 5th Ave

Era uma manhã chuvosa de sábado, quando cheguei em minha última visita à Nike Town da quinta avenida, em Nova Iorque. A primeira surpresa que tive foi que a loja, que ainda não estava aberta para os consumidores (faltavam 15 minutos para a abertura), estava repleta de atletas amadores, fazendo sua refeição pós-treino. Um farto café da manhã é preparado pela loja para que os “atletas de final de semana” possam recuperar suas energias enquanto escolhem um tênis ou agasalho novo. E essa foi só a primeira surpresa que tive dentro da loja. A Nike Town é sem dúvida umas das operações que melhor trabalha a experiência de compra de seus consumidores.

Com cinco andares repletos de todos os tipos de artigos esportivos imagináveis a loja trabalha com maestria o visual merchandising. Produtos organizados por esportes ou por categoria são expostos sempre coordenados, com uma sinalização perfeita e um mundo de opções. O último andar é dedicado a uma espécie de oficina de customização de tênis, onde o cliente pode montar seu próprio modelo, combinando cores no solado e no cabedal. Em uma semana, o seu Nike exclusivo fica pronto no Nikeid.studio. O volume de vendas dos produtos customizados não parece ser alto, mas que a ação contribui para que você saia falando da loja aos amigos, contribui muito.

A experiência não fica por aí. Na área dedicada aos equipamentos de corrida, uma simpática atendente se disponibiliza a montar um roteiro de corrida por Nova Iorque. Pergunta se você gostaria de passar pelo Central Park, de onde vai partir e quanto você quer correr. Se você acha que ela faz uso de algum software complicado, engano. Um aplicativo que roda no Google Maps possibilita que ela trace a rota de acordo com a distância sugerida. É daquelas soluções que qualquer um pode fazer, mas ninguém faz. É a tal disciplina de execução, tão comum aos varejistas americanos.

Outra sacada tão simples quanto inteligente é o “reuse a shoe” – uma enorme caixa de acrílico onde você dispensa seus tênis antigos para que eles doem a alguém que precisa ou reciclem. Simples, inteligente e já dá mais um assunto para contar aos amigos sobre a tal “loja gigante da Nike”. As imagens mostram bem como a loja é grandiosa e rica em detalhes ao mesmo tempo.