25 abrO Boticário investe R$bi na abertura de novas lojas

Escrito por Roseani Rocha, da Meio & Mensagem

Os 3.550 pontos de venda da marca serão mais intuitivos e interativos

Está sendo inaugurado nesta quinta-feira 25 um novo conceito de lojas da rede O Boticário, que está apostando em mais interatividade e espaços intuitivos para aumentar a experiência dos consumidores com os produtos da marca.

A primeira loja no novo formato é a do Morumbi Shopping, em São Paulo. Em uma semana serão reinauguradas outras dez unidades (Curitiba, Goiânia, Belo Horizonte, Governador Valadares, Salvador, Ilhéus, Porto Alegre, Pelotas, Natal e Ribeirão Preto). Ao longo dos próximos quatro anos e R$ 1 bilhão de investimento depois, todas as 3.550 lojas da rede deverão estar remodeladas. O novo projeto foi desenvolvido pela Takano Arquitetura e Design de Varejo.

O objetivo das mudanças é valorizar a exposição dos produtos e estimular a experimentação. As lojas também deixarão de ter vitrines tradicionais, dando espaço a vitrines virtuais, com telas touchscreen e conteúdos interativos.

Segundo Ana Ferrel, diretora de branding e comunicação de O Boticário, a cada seis, sete anos, as lojas recebem uma proposta de atualização. Embora as mudanças não tenham tido um benchmark específico, a equipe envolvida no projeto iniciado há 18 meses fez pesquisas em mercados como Hong Kong, Londres e Nova York. “Queremos que as lojas representem um templo da marca”, diz a executiva.

Artur Grynbaum, presidente-executivo do Grupo Boticário afirmou, por sua vez, que o objetivo com as mudanças não é somente incrementar o faturamento, mas melhorar a experiência do consumidor com a marca. Não se pode, segundo ele, determinar exatamente em quanto as alterações aumentarão o fluxo de clientes nas lojas.

No Dia das Mães e para o ano de 2013, a companhia prevê crescimento de 20%.

Interatividade

Na nova configuração das lojas, a tecnologia ganha mais espaço, com tablets e fones de ouvido, utilizados como recursos de “storytelling” sobre os produtos, especialmente, os itens de perfumaria, através de conteúdo sonoro, de texto e vídeo.

As tradicionais fitinhas de papel para sentir as fragrâncias continuam, mas no caso da linha premium Lily são substituídas por fitas de cetim e no caso das fragrâncias de Nativa Spa, por bolinhas coloridas de tecido que o consumidor pode levar consigo. Outros aromas, incluindo os masculinos, podem ser sentidos também por meio de cápsulas perfumadas de cerâmica em formato de gota, especialmente criadas para O Boticário. Se a arquitetura do shopping ou loja de rua permitir, as lojas também terão uma pequena pia, permitindo que até os sabonetes da linha Spa sejam testados.

Os caixas, antes localizados próximo à entrada das lojas, agora vão para o fundo, liberando o fluxo de clientes na entrada. No ambiente da loja haverá ilhas, que a marca chama de “Bar do Perfume” e “Bar da Maquiagem”, com material descartável, no caso desta última para experimentação de sombras, gloss, batom etc. Todos os produtos masculinos também foram agrupados em uma área em que até o mobiliário é diferenciado.

E como muitas das compras feitas n’O Boticário têm como destino presentear alguém, as novas lojas terão um cantinho especial para customização de presentes. Haverá diferentes tamanhos, tipos de caixa e fita, além de canetas coloridas e cartões para envio de mensagens. Quem quiser, também poderá tirar e imprimir na hora uma foto para compor o presente.

Texto extraído de: http://www.meioemensagem.com.br/home/marketing/noticias/2013/04/25/O-Boticario-investe-1-bi-em-novas-lojas.html