18 marVarejo recebe apoio de Michel Temer

Escrito por Renato Müller, do Portal NO Varejo

Representantes das principais entidades do varejo brasileiro estiveram reunidos hoje (17) em Brasília para discutir, com o vice-presidente da República, Michel Temer, e o ministro-chefe da Secretaria da Micro e Pequena Empresa, Guilherme Afif Domingos, uma série de assuntos de interesse do setor. “Podem contar com meu apoio”, declarou Temer, no encontro.

Durante as reuniões, foi entregue uma radiografia inédita do setor e apresentadas propostas para simplificar as relações e aproximar mais o varejo do Governo, colaborar com a reforma fiscal, criar alternativas para reduzir os custos trabalhistas, analisar as condições de crédito dos varejistas, economizar água e energia e intensificar a formalização das pequenas e médias empresas.

Os encontros foram considerados históricos por reunir, pela primeira vez, as principais entidades do varejo em torno de uma agenda única, fruto de um trabalho conjunto dos diferentes setores do mercado. “Fizemos cinco reuniões para definir temas comuns e, ao apresentá-los de forma conjunta em Brasília, tivemos uma recepção bastante positiva”, afirma Eduardo Terra, presidente da Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC). “Vimos uma grande disposição do Governo em conversar, mesmo no atual cenário político”, comenta. “O grande produto destas reuniões foi o diálogo”, completa Terra.

“O que depender do meu empenho na articulação no Congresso eu farei. Temos que estar todos juntos para termos um varejo vigoroso”, disse Michel Temer. As reuniões com o vice-presidente Temer e com o ministro Afif significam uma aproximação necessária e irreversível junto ao Governo federal, uma vez que o varejo não tinha até agora, como setor, uma interlocução direta com o Poder Executivo. “Demos nossa contribuição, inclusive com um estudo que mostra que o varejo representa 22% do PIB e emprega uma em cada cinco pessoas no País. O próximo passo é avançar com uma agenda propositiva no Legislativo”, afirma Eduardo Terra.

Entre as entidades representadas estiveram a Associação Brasileira de Franchising (ABF), a Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC), a Associação Nacional de Restaurantes (ANR), a Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce), a Associação de Lojistas de Shoppings (Alshop), a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), o Instituto para Desenvolvimento do Varejo (IDV), a Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma), a Associação Brasileira de Supermercados (Abras), a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), a Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (Anamaco), a Associação Paulista de Supermercados (Apas), a Associação Brasileira de Atacados de Autosserviço (Abaas), a Associação Brasileira de Relações Empresa Cliente (Abrarec) e a Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp).

A união de todo o varejo é uma das causas defendidas pela plataforma NOVAREJO e foi um dos temas da edição 2014 do Brazilian Retail Week, o principal evento do varejo no País, que ocorreu em julho do ano passado, em São Paulo. Uma das sessões plenárias do congresso reuniu representantes de associações que representam diversos segmentos do mercado e gerou o entendimento de que essas instituições, unidas, poderiam mostrar ao Governo a força do setor. É o que aconteceu hoje em Brasília. Um momento histórico.

Texto extraído de: http://www.portalnovarejo.com.br/index.php/component/k2/item/10425-michel-temer-declara-apoio-ao-varejo