29 marVendas na Páscoa recuam em 5,8%

Por Danilo Barba, do Portal NO Varejo

ovos de páscoa

Quatro em cada dez brasileiros compraram chocolates até o domingo de Páscoa

As vendas do comércio para a Páscoa recuaram 5,8% quando comparadas ao mesmo período do ano anterior – dados da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Em 2015, a queda foi menos intensa (-0,3%): o resultado deste ano é o segundo negativo da série histórica, que teve início em 2008.

Diante do fraco desempenho econômico, do mercado de trabalho desaquecido e da perda de poder aquisitivo das famílias, a entidade defendeu em nota que “uma retomada de confiança dos consumidores ainda parece distante para movimentar a economia e as vendas do varejo” uma vez que as vendas na Páscoa seguem a tendência do setor e, portanto, “antecipa mais um ano difícil para o comércio.”

Outro levantamento, realizado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), mostra ainda que quatro em cada dez brasileiros (41,9%) compraram chocolates para comemorar o feriado até a véspera do domingo de Páscoa. Com menos sobras de dinheiro e diante de preços mais salgados, 37,8% dos entrevistados disseram que diminuíram o valor dos gastos na comparação com o ano passado, seja por conta do desemprego, por estarem mais endividados ou por redução salarial. Outros 28,3% dos entrevistados afirmaram gastar mais do que na Páscoa de 2015 devido à percepção de aumento nos preços do chocolate.

Diante do fraco desempenho econômico, do mercado de trabalho desaquecido e da perda de poder aquisitivo das famílias, a entidade defendeu em nota que “uma retomada de confiança dos consumidores ainda parece distante para movimentar a economia e as vendas do varejo” uma vez que as vendas na Páscoa seguem a tendência do setor e, portanto, “antecipa mais um ano difícil para o comércio.”

Outro levantamento, realizado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), mostra ainda que quatro em cada dez brasileiros (41,9%) compraram chocolates para comemorar o feriado até a véspera do domingo de Páscoa. Com menos sobras de dinheiro e diante de preços mais salgados, 37,8% dos entrevistados disseram que diminuíram o valor dos gastos na comparação com o ano passado, seja por conta do desemprego, por estarem mais endividados ou por redução salarial. Outros 28,3% dos entrevistados afirmaram gastar mais do que na Páscoa de 2015 devido à percepção de aumento nos preços do chocolate.

Texto extraído de: http://www.portalnovarejo.com.br/index.php/component/k2/item/15963-vendas-de-pascoa-recuam-em-2016