01 maioVendas online devem superar varejo físico no Dia das Mães

Via Portal NO Varejo

mothers day

A estimativa é de retração para os dois canais em SP, mas o e-commerce deve ganhar participação. Entenda

As vendas no varejo online devem ser maiores que as realizadas no varejo físico para o Dia das Mães, segundo divulgou na última quinta-feira (28)* a FecomercioSP (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo).

Segundo a Federação, o e-commerce deve ganhar espaço no total das vendas, em relação a 2015, apesar do recuo real de 1% no Estado de São Paulo.

O resultado deve ser melhor que o projetado para o varejo físico, que deve recuar 6% no mesmo período, em relação ao mesmo mês de 2015.

Segundo a Federação, o varejo online deve ganhar espaço muito por conta dos avanços tecnológicos e às mudanças no hábito de compra do consumidor, que está com o bolso cada vez mais apertado e busca presentes mais em conta.

Segundo os economistas da Federação, o comércio eletrônico também está sentindo os efeitos da inflação elevada, dos juros altos, escassez de crédito e o aumento do desemprego.

“Em um ano de incertezas, até o tradicional Dia das Mães deve ser afetado, afinal, a data chega junto com uma série de indicadores econômicos negativos. Mesmo assim, o desempenho das vendas online deve superar o do varejo físico e, no que depender dos consumidores virtuais, as mães não devem ser esquecidas”, afirmou, em nota, Pedro Guasti, presidente do Conselho de Comércio Eletrônico da FecomercioSP.

Para a data, a estimativa é que a participação do varejo online no faturamento real total do varejo paulista deve chegar a 3,3% ante os 3,2% em maio de 2015. No mesmo período de 2014 a participação do e-commerce era de 3%.

*Trecho adaptado do original extraído de: http://www.portalnovarejo.com.br/index.php/e-commerce/item/16240-online-deve-superar-varejo-fisico-no-dia-das-maes

Post marcado com , , ,