16 setZacks Express aposta em modelo compacto para atrair franqueados

Escrito por Mariana Iwakura e Flávia Bezerra, da Revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios

zacks---ambiente-interno

Jaquetas de couro, lambretas e rock ao estilo Elvis Presley. Com tantas características específicas, difícil encontrar quem não se lembre, ou pelo menos já tenha ouvido falar, dos anos 60. Fãs da época, o engenheiro mecânico Paulo Maksoud, 42 anos, e a administradora Silvia Carvalho, 44, criaram, em 2007, a Zacks, hamburgueria inspirada nas tradicionais lanchonetes americanas da década. Hoje são três unidades próprias e sete franqueados no Rio de Janeiro e em Brasília.

Com piso preto e branco, letreiros coloridos e fotos antigas de celebridades nas paredes, a primeira unidade da Zacks foi aberta no centro da capital fluminense. O negócio surgiu para atender à clientela do café da manhã até o happy hour. “Eu e a Silvia somos cunhados e sonhávamos em largar os empregos e abrir um negócio juntos. Pensamos em uma lanchonete com horários flexíveis e ambiente alternativo. A ideia deu certo, e a receptividade do público foi muito boa”, diz Maksoud, que, junto com Silvia, desembolsou R$ 700 mil no investimento da primeira unidade.

Em 2009, os cunhados aderiram ao sistema de franquias. Mas foi em 2011, com a criação do Zacks Express – espécie de franquia compacta da marca para shoppings – que o negócio atingiu seu ápice. Desde então, são três unidades próprias no Rio de Janeiro, sendo uma express, e sete franquias. Sobre os franqueados, cinco estão na capital fluminense (quatro no estilo express e um restaurante) e dois em Brasília (uma na versão express e um restaurante).

Segundo Maksoud, o conceito express da franquia surgiu para diminuir os custos e atrair mais franqueados. “Hoje, o foco da expansão está na franquia compacta. Os gastos com mobília e locação são bem menores, já que com 40 m² é possível abrir uma unidade express”, afirma Maksoud.

Além do horário estendido ao café da manhã, o cardápio eclético também chama a atenção dos clientes. Fazem parte do mix não apenas hambúrgueres, mas também milk shakes, wraps, saladas, grelhados e até massas. O tíquete médio da loja express é de R$ 24.

O investimento total para abrir uma franquia da Zacks express é de R$ 450 mil, com retorno do capital entre 24 e 36 meses. O modelo compacto pede 14 funcionários e o faturamento gira entra R$ 150 mil e R$ 220 mil.

Até o fim deste ano, a Zacks contará com mais seis unidades franqueadas em cidades ao redor do Rio de Janeiro. Todas estão em processo final de implantação.

Texto extraído de: http://revistapegn.globo.com/Franquias/noticia/2014/09/rede-de-fast-food-aposta-em-modelo-compacto-para-atrair-franqueados.html